Metodologia Kaizen: como promover melhoria contínua na sua empresa?

Quando pensamos em crescimento e inovação, muitas vezes nos deixamos levar pela ideia de um divisor de águas claro e radical: um equipamento novo, o alvará de funcionamento de uma nova unidade ou a entrada no mercado internacional, por exemplo. A metodologia Kaizen nos propõe o contrário: olhar cada dia como a chance de fazer algo diferente.

Kaizen, em japonês, significa “melhoria” e é uma filosofia de vida muito difundida no Extremo Oriente. Por meio da disciplina e da atenção com o momento presente, os samurais procuravam se aprimorar continuamente — e eram admirados por isso.

Décadas depois da Era Meiji (quando a arte samurai foi proibida no país), o Japão passava por um difícil período político-econômico, com a derrota na Segunda Guerra Mundial e a ocupação norte-americana subsequente. Nesse momento, a metodologia Kaizen ressurge e é adaptada para o mundo dos negócios, contribuindo para o crescimento que levou a economia japonesa ao patamar que vemos hoje.

Entenda, neste post, os princípios dessa metodologia e como aplicá-los na sua empresa.

Aprendendo na prática

Planejar é essencial, mas a realidade está no dia a dia. O que não deu certo hoje? Por quê? Como posso garantir que isso será melhor a partir de agora? Essas são algumas das perguntas que devem ser feitas continuamente em todos os setores de uma empresa.

Caminhando todos juntos

Para que um grupo consiga melhorar continuamente, é preciso que todos estejam engajados na mudança. Rever pequenos hábitos de organização, limpeza e comunicação fazem parte da metodologia Kaizen, mas não haverá resultado efetivo sem envolvimento coletivo.

Comunicando com transparência

Essa metodologia não deve ser imposta, mas ofertada e incentivada. Para isso, você precisa ser muito claro sobre os objetivos, bem como as atitudes que serão importantes para alcançá-los. Deixe seus funcionários a par dos ganhos corporativos e pessoais que podem advir da melhoria contínua e mantenha-os atualizados durante o processo de implementação.

Feedback é essencial, tanto positivo quanto negativo. Sugestões devem ser recebidas como bens preciosos.

Eliminando o desperdício

Na metodologia Kaizen, o desperdício é considerado o oposto da melhoria. É como jogar fora sua energia, tempo e dinheiro. A economia inteligente consiste em reduzir as quantidades de matéria-prima e trabalho ao mínimo necessário para o melhor resultado — observe que manter a qualidade é parte do critério.

Esse princípio diz respeito não somente à produção em si, mas ao consumo de água e energia elétrica, a gastos com comida, transporte, manutenção, limpeza etc. Todo desperdício é seu inimigo.

Avaliando urgências

A metodologia Kaizen pode e deve ser aplicada em toda a empresa, mas, como gestor, você deve saber escolher quais serão os principais focos da sua atenção. Veja alguns pontos que ajudam a identificar os setores que estarão no foco:

  • produtividade abaixo do esperado;
  • funcionários desmotivados e com pouca adesão ao método;
  • alto índice de absenteísmo e demissão;
  • desperdício.

Fazendo uso de pequenas estratégias como essa, você pode colocar a metodologia Kaizen a serviço da sua empresa. Um ambiente organizado, cooperativo e eficiente é bom para todos. Não tenha pressa, mas também não deixe para depois — a transformação começa hoje.

Ajude outras pessoas a conhecer a metodologia Kaizen e mudar a forma como organizam sua empresa, sua rotina e sua vida pessoal. Compartilhe este post com seus amigos nas redes sociais!

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *